Notícias

Como o programa Compliance pode ser o “bote salva-vidas” da sua empresa
25/05/2020


Aplicar os conceitos do Compliance pode resgatar uma empresa da crise e
apontar um caminho de grande crescimento interno e externo

Nós já falamos aqui no blog sobre a recuperação judicial e suas alternativas para tirar sua empresa do hall de devedores, mas hoje queremos apresentar uma solução que, além de auxiliar no processo de recuperar os negócios e recolocá-los no mercado, vai mudar completamente a forma como sua equipe trabalha, como sua empresa é vista e recebida pelas pessoas, sejam colaboradores, investidores, fornecedores, clientes, etc.
            Mas antes é preciso relembrar que a recuperação judicial é um dos caminhos que as empresas podem percorrer em relação às dívidas, mas é um trajeto mais severo e com limitações dentro das empresas, pois o empresário acaba perdendo parte ou até mesmo a totalidade da autonomia sobre seus negócios para que estes sejam reestruturados por um administrador (e demais profissionais) designado por um juiz. É um trajeto que não abre espaço para erros, um caminho legal, porém fechado.
            Você deve se lembrar da recuperação extrajudicial que é a possibilidade de negociação direta com os credores, se mostrando menos dolorosa para os negócios, pois é realizada por meio de aconselhamentos em todas as partes (contábil, jurídica, administrativa), como consultorias ou assessorias, sem a necessidade de uma intervenção judicial. Mas para isso, é necessário que cada empresa entenda a realidade de seu próprio negócio para saber como agir, para que compreenda todo o processo de retomar suas condições e também quais atributos a lei exige que sejam cumpridos.

         Analise: se você tivesse uma empresa e soubesse que, pedindo a recuperação judicial, perderia o controle sobre ela sem mesmo dar o aval sobre isso, concordaria em realizar o ato? Certamente não. Por isso existem medidas judiciais de resguardo (que são diferentes da recuperação judicial e podem ser utilizadas em negociações diretas) que, muitas vezes, são suficientes para a resolução do problema, junto com as ações extrajudiciais.
            Continuando nossa linha de raciocínio, imagine que você é esse empresário endividado com medo da falência, mas que optou por uma recuperação extrajudicial. Sua equipe de conselheiros jurídicos e contábeis já está trabalhando para recuperar os lucros, quitar as dívidas e reorganizar a casa, quando você descobre que existe um “algo mais” que pode ser feito: o programa Compliance.
            Mesmo em meio a essa desorganização, o programa pode nascer (nós também já explicamos tudo sobre o Compliance aqui no blog). Esta é uma das formas (e a opção que mais indicamos) para realinhar seu negócio e manter sempre a qualidade do serviço prestado, além de ser a medida preventiva mais eficaz para quaisquer situações, já que para manter o Compliance é preciso certa dedicação em realizar todos os atos na empresa de forma correta.
            Talvez você ainda não tenha tido conhecimento sobre o programa, já que no Paraná ainda é um sistema novo, mas em constante disseminação. Já em São Paulo e Rio de Janeiro, é muito popular. O Compliance faz com que as empresas que o adotam estejam sempre corretas em relação aos seus negócios, por isso ele vai ajudar a sua empresa a sair da crise financeira e a (quem sabe até) não voltar mais para esse cenário.
            Com o Compliance, todos os envolvidos, interna e externamente, aprendem a trabalhar de forma tênue, pois é um programa inovador que traz realidade e segurança tanto para o empresário quanto para seu time já não permite que ações incoerentes aconteçam em seus processos. Sendo assim, o Compliance pode sim ser a solução para esse empresário sair da crise, bem como fazer com que seus negócios tenham o máximo de seu funcionamento.
            Você entendeu a relação entre a recuperação extrajudicial e o Compliance na sua empresa? Um é aliado do outro e, juntos, apontarão um caminho nunca percorrido antes, que fará seu negócio crescer cada vez mais. Nós cremos que o Compliance é um programa que deve ser implantado em toda empresa, já que é responsável por manter as coisas nos trilhos e resguarda todos os envolvidos de ações incongruentes. A GWD Advogados Associados implementou o sistema Compliance há anos e vem colhendo grandes frutos com a ação.